segunda-feira, 27 de março de 2017

Poemas de minha autoria em prova da UFU


A UFU, Universidade Federal de Uberlândia, tem a chamada prova de portador de diploma. Ela é aplicada para quem já tem uma graduação e quer fazer outra graduação em área similar.

Recebo informação de que três poemas de meu penúltimo livro, o Dislexias, fizeram parte da mais recente prova de literatura da prova de portador de diploma. Nesta postagem, foto da página da prova em que há a questão que contém meus poemas. Abaixo, a transcrição dela.
_____

Questão 01

Texto I

Casou-se numa bela
manhã de sábado. 
Estava linda. 
Há coisas de meses, 
nem suspeitava de que 
casar-se-ia 
de fel e grinalda.

MEDEIROS. Lívio Soares de. Dislexias. Lisboa. Chiado. P. 25.

Texto II

Passar a matéria 
no quadro ou não? 
Eis o giz da questão.

MEDEIROS. Lívio Soares de. Dislexias. Lisboa. Chiado. P. 37.

Texto III

O envolvimento com a leitura, 
a busca pelas palavras, 
as tentativas de publicação. 

Serei olvido.

MEDEIROS. Lívio Soares de. Dislexias. Lisboa. Chiado. P. 42.

Considerando a leitura dos poemas (textos I, II e III) e seus recursos estilísticos, pode-se afirmar que

A) a ironia perpassa os poemas e revela o desencanto do eu lírico.
B) a aliteração dá, em cada poema, nova roupagem a expressões populares.
C) o eufemismo renova a experiência estética do leitor em cada poema.
D) o trocadilho dá fundamento ao entendimento de cada poema. 

2 comentários:

Rusimário Bernardes disse...

Oi Lívio,
Só o começo.
Sucesso sempre.
Rusimário

Lívio Soares de Medeiros disse...

Grande Rusimário, muito obrigado.